6 perguntas que todos concursandos – concurseiros – têm que responder antes de começar a estudar para concursos

Em Administração, existe uma técnica de qualidade total que serve para definir tarefas e melhorar o desempenho da organização que se chama “Plano de Ação”.

Há algum tempo uso no planejamento dos meus estudos e acredito que ajuda muito ao concursando ter mais certeza em concursos. Essa é uma adaptação livre que desenvolvi da técnica de elaboração de um Plano de Ação.

Antes de começar a estudar para concurso responda as seis seguintes perguntas seguindo as minhas sugestões e orientações para responder.

O que?

É o resultado que se espera. É o cargo ideal e que você se imagina aposentado compulsoriamente, pois se não fosse assim estaria trabalhando aos 104 anos como Oscar Niemeyer fez. Ou, ainda, que viabilize realizar seus sonhos fora do serviço público.

Quem?

Identifique quem são as principais pessoas envolvidas, seu papel e a influência nos seus estudos. Observe que haverá pessoas que influenciarão positivamente e negativamente nos seus estudos, dedique-se a esse trabalho. Se você só identificou pessoas que influenciam positivamente ou negativamente esse é um bom indicador de que sua análise ainda não está concluída.

Além disso, identifique quem você é hoje. Se você fizesse um concurso hoje em qual passaria? Seja específico e realista e evite respostas como “nenhum”, provavelmente há algum concurso que você passaria hoje, mas não estaria disposto a trabalhar no local.

Após esse exercício reflita sobre a “distância” que você tem a percorrer.

Onde?

Quando se especifica onde, as pessoas comumente dão apenas uma resposta genérica do tipo: aqui, qualquer lugar, eu só quero sair daqui. Muito cuidado com esse tipo de resposta!

Elas te afastarão da sua meta. Identifique três aspectos: local onde vai estudar, local onde aceitaria tomar posse (liste as cidades ou estados, não seja muito genérico), local dos sonhos em que você moraria.

Quando?

Trace 3 cenários relacionados ao tempo dedicado aos estudos em meses. Um otimista, um neutro e um pessimista. Nenhum deles pode ser menor que 6 meses, caso isso aconteça você está sendo super otimista e pouco realista.

Por quê?

Esse é o item mais importante. Identifique o motivo maior que te move a estudar para concursos. Aqui é o momento de sonhar e ser idealista. Não tenha vergonha de identificar algo que esteja fora do âmbito dos concursos, como “ser aprovado para ter estabilidade e remuneração boa para poder me dedicar ao sonho da minha vida (especifique qual é o sonho)”. O ideal é que algum dos Porquês tenha relação com concurso e em caso contrário será um bom indicador de que talvez estudar para concurso não seja a melhor opção para você.

Como?

Depois do Porquê, esse é o segundo item mais importante. Você deve se dedicar muito a essa tarefa e ser o mais especifico possível. Aqui é importante refletir sobre a sua relação com os estudos e fazer uma “viagem no túnel do tempo”. Reflita sobre como é sua relação com os estudos. Está disposto ou acostumado estudar para coisas que não gosta?

Pergunte-se: “eu sei estudar de forma correta?”. Provavelmente a resposta será não. Não dedicamos muito tempo, na escola, a estudar de maneira correta, mas isso não é motivo para desespero, há muita opção no mercado para sanar essa dificuldade. Dedique um tempo mínimo adequado para estudar como estudar. Esse é um assunto sério e que elimina muitos candidatos.

O ideal é fazer isso antes de começar os estudos de verdade. Como quem está envolvido com estudos geralmente tem um senso de urgência muito forte, faça isso, pelo menos, concomitantemente aos estudos, nunca depois.

Decomponha em etapas e faça uma “engenharia reversa” pense que você já está aprovado e pergunte-se o que eu fiz para chegar aqui. Após obter a resposta pergunte-se novamente o que eu fiz para chegar aqui e assim por diante até chegar à sua situação hoje. Seja específico e decomponha ao máximo as etapas, por exemplo, se a sua resposta foi estudei muito, faça perguntas do tipo:

  • O que estudou muito?
  • Quanto tempo estudou?
  • Como estudou?
  • Onde estudou?
  • O que foi mais difícil?
  • O que foi mais fácil?

Identifique também estratégias por matéria. Qual a melhor forma para estudar: curso preparatório presencial, curso preparatório à distância, “pacote” de estudos para um concurso específico, estudar cursos por matérias, autodidata.

Quanto?

Especifique bem:

  • Quanto você estaria disposta a gastar caso não houvesse restrição no orçamento?
  • Quanto você pode gastar?
  • Quanto as pessoas geralmente gastam durante o preparo até a aprovação?
  • Onde irá captar os recursos, já estão disponíveis?

Isso é muito importante, pois não estamos habituados a levar a sério esse tipo de reflexão. Ao fazer isso você se planeja melhor e se protege de gastos indesejados e do marketing de urgência. Além desses aspectos, usará seu dinheiro com mais inteligência e obterá melhores resultados.

Espero que essas perguntas ajudem a definir melhor o seu foco nos estudos e gerem uma motivação positiva!

Publicado por

Guilherme

- Administrador pela Universidade de Brasília - UnB - Servidor público federal no cargo de Analista Administrativo da Agência Nacional de Transporte Aquaviários. - Foi coordenador de cursos a distância na ENAP, na área de educação, cargo Técnicos em Assuntos Educacionais. - Atuou ainda no IRBr - Instituto Rio Branco, Banco de Brasília - BRB e na Secretaria de Educação do Distrito Federal, todos mediante aprovação em concursos públicos - Especialista em Gestão Pública pela AVM Faculdade Integrada. - Especialista em Gestão e Regulação pela FGV (cursando)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s